5 de maio de 2013

Dramatizando: Ma Boy

Olá meus amores, tudo bom? *--------*
com a correria das provas no colégio (três/quatro provas por dia em praticamente duas semanas não é pouca coisa =_=") eu mal tive tempo pros meus queridos doramas, já que cada episódio tem cerca de uma hora, e você eu nunca consegue assistir somente um episódio. Ou seja, acabei ficando em abstinência dos meus queridinhos <3 Mãaas, pra esses momentos é sempre muito bom ter a presença dos mini-dramas *u*. Nunca tinha assistido um, então Ma Boy foi o meu primeiríssimo e devo dizer que está mega aprovado!

Bora saber mais dessa história fofa que se passa em somente 3 capítulos? [[[;

Sinopse: Jang Geu Rim é uma garota que pediu transferência de escola para poder estudar ao lado de seu ídolo, Tae Joon. O problema é que Tae Joon já gosta de uma garota, Irene, a mais misteriosa e popular garota do colégio, porém ninguém nunca escutou sua voz. Geu Rim acaba dividindo o quarto com Irene e o grande segredo de Irene é descoberto: "Ela é um garoto".

 
 
 

Eu admito que tinha um certo receio em começar a assistir esse mini-drama. O motivo? bom, além de ser muito curtinho (pra mim, 3 episódios é só uma introdução u_u ashdiuahsdiuausd), a atriz que interpreta a Geu Rim (Kim So-Hyun) tinha apenas 13 ANOS quando gravou esse drama! Da pra acreditar nisso? ela era ainda é, já que o drama foi feito no ano passado um baby e mesmo assim fez papel de não-baby, tipo, alooook.

Mãaas, eu deixei esses dois motivos de lado, e decidi dar uma chance pra história u_u. Devo dizer que não me arrependi nenhum pouco! *.*

Eu simplesmente adooooro histórias gender-bender (homens ou mulheres fingindo ser do sexo oposto) porque é impossível não morrer de rir com a atuação dos personagens. 
Essa foi a primeira vez que assisti um gender-bender em que um homem finge ser mulher, e devo dizer que foi algo muito engraçado de se acompanhar! *.*

Por ser homem, Woo Hyun não podia falar com ninguém quando estava na pele de Irene, já que para um homem é muito mais difícil de mudar a voz para um tom mais feminino... ou seja, todos consideravam a Irene uma garota muito misteriosa e tímida, já que nunca nem ao menos haviam escutado a voz dela.

 

Mesmo Irene sendo, na verdade, um homem, isso não impediu que vários garotos se apaixonassem por ele/ela. Tanto é que ela ganhou até mesmo um fã-clube, o I-club.

Mas é claro que não poderia existir somente um fã-clube né? afinal, não existe somente uma celebridade na escola. 
Em contra partida ao I-club está o Taeclub, que nada mais é que o fã clube mais fanático pelo incrível Tae Joon, cantor pelo qual Geu Rim tem paixão, e Irene não suporta (já que ele morre de amores por ele/ela)

 

Devo dizer que a atuação nesse drama não foi lá das melhores, na verdade, foi bem fraquinha \: . Mas por ser uma história tão curtinha e, creio eu, com o intuito de divertir e não de ensinar algo de muito grandioso para quem está assistindo, não me atrapalhou ou interferiu no rendimento da trama. É claro, existiram cenas beeeeem forçadas e totalmente sem sentido, mas é aquele tipo de momento que você releva e pensa: "Cenas melhores virão u_u"

Não temos uma história super bem trabalhada e explorada, e é claro que poderiam ter dado destaque para outros assuntos, mãaas, voltamos aquele ponto: é um mini-drama, então não da pra exigir muita coisa.

 

Não temos aquele romance intenso, de arrancar suspiros ou coisa do tipo. Mas a história possui o desenvolvimento de uma relação fofa e gostosa de se ver, bem pura e inocente sabe? o que está meio extinta atualmente, até mesmo nos dramas.
É claro que gostaria de ter visto uma ou duas cenas mais românticas do que apenas um casal andando de mãos dadas, mas eu até que gostei desse relacionamento mais fofo do que, de fato, romântico afinal, a Geu Rim era uma criança né dona Rafaela? como você queria cenas mais evoluídas do que apenas um andar de mãos dadas? estamos falando da Coréia e não do Brasil =_="

Também temos algumas ceninhas de ciúmes na história, já que temos alguns acontecimentos interessantes com Tae Joon, Irene/Woo Hyun e Geu Rim, então podemos dizer que isso ainda irá render algumas risadas e vários momentos de pausa no capítulo + telespectador interagindo com a tela do computador naqueles momentos de "Não acredito!" , "Por que ela é tão sortuda/azarada?" , "Por que ele foi mais rápido que o fulano?" , *muitos sorrisos, risada e indignação*.



Enfim, esse foi um drama bem curtinho deve ser por isso que se chama mini-drama né, Rafaela?, com atuações medianas (com exceção de alguns personagens que foram ótimos!) e com uma história que poderia ter sido mais trabalhada e desenvolvida. Mãaaaas, ainda assim eu recomendo demais pra quem, assim como eu, já é viciado em doramas e não consegue ficar longe mesmo tendo mil coisas para fazer. Também indico pra quem nunca assistiu nenhum drama e quer dar uma chance, mas não tem paciência para histórias muito longas e trabalhadas. Se você relevar determinados momentos meio forçadinhos, sem dúvida será uma história fofa e com risadas garantidas! Ótimo também para dias de tédio sem ter o que fazer, ou pro fim de semana/feriado (;

Onde Baixar?

Assista Online:

MV:

É isso amores, espero que tenham gostado da indicação de hoje, e não se esqueçam de comentar dizendo o que acharam, se já assistiram ou vão assistir, e todas aquelas coisinhas que eu adoro ler, ok? n__n kkkkkk.



Beeeeijinhos :* <3
Goo Hara GIFs KARA

2 comentários:

  1. Adorei a indicação! Já estou baixando para assistir nessas férias.
    Parece bem engraçado e fofinho. *-* ADORO!! hahah

    Beijos,
    Amanda :)
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda, tudo bom? ((:
      aaaaah, que bom que você gostou! *---* . Fico mega feliz em saber disso n__n. Sim sim, engraçado e fofo são boas palavras para definir "Ma Boy" u_u sdhuashdiuausdhaisdiuad
      Bom dorama pra você! ^-^

      BEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir


A opinião é livre, não pode nem deve ser violentada.
(Baltasar Gracián y Morales)