2 de março de 2013

Dramatizando: Can you hear my heart?


Olá meus amores, tudo bom? *---*
hoje é dia de mais um Dramatizando, e é com muita alegria que eu venho falar de um k-drama que se tornou um dos meus favoritos! Can you hear my heart? ou ainda Listen to my Heart foi uma completa surpresa pra mim! sabe aquele tipo de drama que você começa sem nenhuma expectativa e ele acaba te ensinando uma lição enorme, além de se tornar um xodó? pois é.

Sinopse: É sobre a história de amor de Cha Dong Joo, homem que foi considerado surdo depois de um acidente mas que finge que ainda pode ouvir, e Bong Woo Ri, uma mulher que é inteligente, mas finge que é estúpida para proteger a dignidade de seu pai com problemas mentais. (www)

Acho que assim como a maioria das pessoas, eu não gostei e nem concordo com essa sinopse. A história é muito mais que isso e acho que com uma sinopse desse tipo o drama acaba perdendo futuros telespectadores. Mãaas, assim como na resenha de Lie to Me, eu vou tentar dar uma complementada nessa sinopse no decorrer do post, tentando não dar spoilers, mas já aviso que ao menos dos 5 primeiros capítulos, alguma coisa eu vou ter que soltar porque somente assim vocês irão entender a história em si u_u


 


Eu acho que não poderia começar esse post sem falar das versões crianças dos atores principais. Não entendeu? eu explico u_u. Basicamente, os primeiros 5 capítulos do drama se passam há 16 anos da história em tempo presente do restante do drama. É que pra você entender como as coisas ficaram daquele jeito no presente, você precisa primeiro entender como elas começaram no passado, e meus amores, eu devo dizer, essa foi uma ótima escolha! 

É impossível não ficar de boca aberta com a atuação incrível dessas crianças! souberam interpretar com louvor todo tipo de cena: das mais comuns e engraçadas, até as mais tensas, dramáticas e catastróficas. Realmente me surpreenderam em todos os aspectos, e eu não quero nem imaginar quando elas crescerem, porque se com essa idade elas já humilham geral e dão de 10 a 0 em muitos outros atores, imagina quando ficarem mais velhos? Senhor Jesus! u_u

Ok, mas antes de falar inteiramente dessas fofuras, vou tentar fazer um apanhado geral da história, que a primeira vista pode parecer bem conplexa e confusa, já que é uma confusão só de personagens!



Nós temos Woo Ri, Dong Joo e Joon Ha (na foto está como Yoon) como personagens principais.

Woo Ri é filha de Mi Sook, uma mulher trabalhadora mas que sofre muito por ser surda, já que ninguém pode entende-lá a não ser sua filha;
Dong Joo é neto de um famoso e muito influente empresário, e o herdeiro de todo esse império. Tendo Cha Jin Chul como seu querido e duas caras odioso e que te causará desejos assassinos durante todo o drama padrasto e Hyun Sook como sua atenciosa e muito amada mãe;
Joon Ha é na verdade Ma Ru, filho adotivo de Young Gyu, mas que acaba sendo adotado por Hyun Sook (a mãe de Dong Joo) por motivos maléficos u_u

Lembrando que Jun Ha e Ma Ru são a mesma pessoa, só que em 'períodos' e famílias diferentes.


Vamos começar pela Woo Ri. Ela é filha de Mi Sook, uma mulher que sempre foi muito incompreendida pelo fato de ser surda. Ela sofre muito com apelidos e julgamentos que as pessoas fazem, mas não deixa que isso abale a sua vida e nem a de sua filha. É aí que entra a família Bong. Primeiramente temos a vovó mais engraçada que já foi inventada no mundo dos dramas: Soom Keum. Sério gente, é impossível não morrer de rir com os xingamentos dessa mulher! pra ela, todos são pirralhos ou malditos, e ela adora entrar em uma briga (nunca vi velhinha tão corajosa u_u). Soom Keum têm dois filhos: Shin Ae e Young Gyu <3.

Shin Ae uma nojentinha que eu senti raiva o drama inteiro tem um relacionamento com Jin Chul, e desse relacionamento acaba nascendo Jun Ha (Ma Ru). Porém, antes de Jin Chul saber que a criança, de fato, nasceu, ele acaba terminando com Shin Ae e investindo em Hyun Sook, filha de um grande empresário que acaba perdendo o marido em um trágico acidente, ficando sozinha entre aspas né? uma mulher rica e com um pai amoroso como o dela nunca fica sozinha, mas ok para cuidar de seu filho, o suuuuper seduction Dong Joo

Não aguentando o fato de ter sido abandonada, Shin Ae acaba fazendo o mesmo com seu filho recém-nascido  deixando o filho para sua mãe cuidar e vai morar no exterior. 

Como a vovó não podia dizer que era mãe de Jun Ha (Ma Ru), ela meio que se aproveita da inocência do seu filho Young Gyu (que é deficiente mental), dizendo que a partir daquele dia Jun Ha (Ma Ru) era seu filho. É claro que com seu enorme coração, Young Gyu criou Jun Ha como se fosse seu próprio filho. Infelizmente, Jun Ha nunca aceitou sua família, principalmente Young Gyu, pois sempre sentiu vergonha de ter um pai deficiente eita menininho difícil de engolir viu? só por Deus. 

Entãaaao, imagina a alegria do menino, quando Young Gyu e Mi Sook se casam?


Pois é, digamos que ele não deu pulinhos de alegria. Como se não bastasse ter um pai com deficiência mental, agora ele também tinha uma madrasta que era surda. Mas devo dizer que esse casal mega improvável foi super fofo de se ver. Bem daquele tipo que não se vê hoje em dia, sabe? *u* . E é assim que Jun Ha (Ma Ru) e Woo Ri se tornam irmãos. Devo dizer que era a coisa mais fofa a Woo Ri chamando-o de Oppa por tudo que era canto, e ele com aquela cara de vergonha *-* . Mas era inegável que no fundo no fundo, ele gostava e se preocupava com a Woo Ri, só não admitia pra não perder a pinta de garoto revolts u_u


E é em meio a esse rolo que a Woo Ri e o Dong Joo se conhecem. 

Dong Joo e Woo Ri se conheceram e ficaram amigos logo quando crianças. Dong Joo é o herdeiro de uma família muito rica e influente, mas mesmo sendo rico ele sempre foi muito humilde e o fato de Woo Ri ser pobre nunca interferiu na opinião dele a respeito dela.





A amizade deles começa devido a grande vontade de Woo Ri em se tornar uma pianista, mas como é muito pobre, nunca teve condições de bancar uma aula. E é claro, o Dong Joo com toda sua fofura e sedução (sério gente, como pode? até mesmo sendo uma criança ele ficou me seduzindo loucamente. Fiquei me sentido uma papa anjo *o* kkk) se propõe a ensiná-la. Como forma de agradecimento, Woo Ri lhe presenteia com a sua bolhinha mágica que na verdade é um saquinho de feijões que é óbvio, Dong Joo guarda como se sua vida dependesse disso.

Dong Joo combina com Woo Ri de se encontrarem aos domingos, para que assim ele possa ensinar a ela por partes a música que ela o ouviu tocando, porém, devido a um acidente, Woo Ri só aprende a primeira parte da música, sendo que Dong Joo foi drasticamente arrastado para o exterior depois de sofrer um acidente e perder a audição.


Basicamente ao mesmo tempo em que Dong Joo perde a audição, uma tragédia também acontece com a família de Woo Ri, que é causada pela mesma peste odiosa, ser das profundezas do tártaro, aaaah que ódio pessoa que causou a queda de Dong Joo.

Em meio a essa tragédia, Jun Ha (Ma Ru) acaba fugindo de casa, e é adotado pela mãe de Dong Joo. O motivo? acho que vocês já devem ter uma boa ideia né? siiiiiim, vingança! Hyun Sook quer se vingar por todas traições e mentiras que veio recebendo nos últimos anos, e quem melhor para ajudá-la se não o filho biológico de Jin Chul?


Devo dizer que ameeeeeei a relação entre o Jun Ha (Ma Ru) e o Dong Joo. Jun Ha (Ma Ru) sempre ajudando o Dong Joo em seus momentos difíceis depois que ele perdeu a audição, e o Dong Joo sempre dando o amor e a atenção de que o Jun Ha (Ma Ru) sempre foi carente. Impossível não amá-los como uma dupla! *-*



Gostei muito do modo que nenhum deles ambicionava a vida do outro. Tanto o Dong Joo que poderia ter ciúmes pela mãe, logo após ficar sabendo que ele havia perdido a audição, ter adotado um menino perfeitamente saudável sem motivo algum; como o Jun Ha (Ma Ru) por Dong Joo ser amado incondicionalmente, ter uma mãe que faz tudo por ele e mesmo sendo surdo, ainda vive uma vida feliz e é herdeiro de um grande negócio.

Os dois se davam muito bem e eram perfeitos juntos! adooorava as cenas deles pois era comédia e fofura garantida! *-* Sem falar que, meu Deus, como conseguiram arranjar atores tão parecidos na versão kids e adulta? até agora fico meio chocada com a semelhança u_u

Dong Joo: por favor Dr. Jang, salve ela! Faça a cirurgia! (referindo-se ao saquinho de feijões)
Dong Joo: deixo ela em suas mãos!

É claro que mesmo depois desse acidente, Dong Joo nunca esqueceu de Woo Ri, e o saquinho de feijões esteve com ele por todo esse tempo.



Basicamente, essa é a história dos cinco primeiros capítulos (siiiim, meu povo! tuuuudo isso em somente 5 capítulos!). Quando eu comecei a assistir, já tinha o pensamento de que não iria gostar do dorama, pois os trailers, algumas resenhas, sinopse e fotos sempre me passavam a ideia de que seria uma história mais voltada para o drama do que a comédia/romance, e que teria toda aquela enrolação, porque sempre que temos uma história com muitos capítulos, é impossível não ter em mente que, em algum momento, teremos aquela típica enrolação ou falta de história para contar.

De fato, a história é bem voltada para o drama, mas não podemos deixar de fora o modo incrível como eles trabalharam as relações familiares, problemas e doenças sérias, a vingança, amizade, amor e todas as lições que esse drama incrível nos transmite!

Mesmo o dorama contanto com 30 capítulos, eu te garanto que não falta história ou assunto para nenhum deles! algumas partes dos primeiros capítulos podem ser meio chatinhas e cansativas de se ver, mas se você persistir, será impossível largar o drama antes de ver o seu fim!

Tiveram duas cenas em especial que eu simplesmente não consegui segurar as lágrimas. O modo como os atores transmitiram suas emoções, como uma coisa ligou a outra, o passado e o presente, TUDO! é impossível segurar as lágrimas, e eu digo isso com total convicção, mesmo sendo uma coração de pedra de carteirinha u_u

Também me surpreendi no quesito comédia! te juro! nunca pensei que um drama conseguisse balancear tão bem os momentos tensos, o drama familiar, e o romance com uma dosagem tão boa de comédia. Tiveram momentos em que eu literalmente, chorei de rir.

Uma coisa que eu percebi assistindo o drama, foi que não tem aquela declaração de amor como nos outros dramas ou em livros, sabe? aquele tipo de coisa que é necessário dizer: "Agora estamos namorando, então não dê bola pra outro cara" , "Agora estamos brigados" , "Eu te amo, então você não pode olhar pra mais ninguém" , "Eu te odeio, nunca mais quero te ver" . Sabe esse tipo de coisa? não aparece em momento algum do drama. A história foi tão bem bolada, e os atores interpretaram tão bem, que somente com as ações e emoções de cada um, você já entendia a mensagem e os outros personagens também. O que, de certo modo, faz da história uma coisa mais real, porque nem sempre precisamos ficar narrando o que está acontecendo ou o que estamos sentindo para as outras pessoas, né?


Bom, nesse drama é óbvio que nós temos um triângulo amoroso entre Woo Ri, Dong Joo e Jun Ha (Ma Ru), mas também é óbvia a escolha da Woo Ri né? por mais que o Jun Ha (Ma Ru) tenha sido um amoooor com ela e tenha me partido o coração nas várias vezes que ele fazia carinha de cachorro sem dono depois de levar um chega pra lá da Woo Ri (mesmo as vezes não sendo intencional), a gente já sabe o quanto a família é importante pra Woo Ri, então é meio óbvio que ela não ficaria com o próprio irmão né? mesmo não tendo ligações sanguíneas. 

Eu ainda fico indignada com o porque de escolherem dois atores tão lindos e sedutores para fazerem os papéis principais, porque fica bem claro que um sempre sairá com o coração partido. Porque não colocam esse que vai sair com o coração partido como um feioso desdentado? u_u enfim, fazer o que né, nem todos podem sair felizes com a mocinha \:


Gostei muito do Young Gyu! o ator que o interpretou fez um trabalho tão bom que é indiscutível! tinha horas que ele interpretava tão bem um deficiente mental que dava até aquela certa agonia de vê-lo, sabe? como nas horas em que ele ficava batendo a cabeça na parede e tudo mais. Dava uma vontade enorme de fazê-lo parar. Ou quando ele ficava muito agoniado e ficava repetindo o que falava, eu ficava morrendo de vontade de acalmá-lo, assim como a Woo Ri fazia.

Mesmo ele atuando tão bem como um deficiente mental, na maioria das vezes você não o via como um. Ele era somente uma pessoa inocente e bondosa demais, e como o mundo ao redor dele não era tão inocente e bondoso assim, eles o julgavam uma pessoa diferente, o que queria dizer que não deveria ser aceito.


A relação entre ele e a Woo Ri foi realmente algo lindo de se acompanhar! mesmo ela não sendo sua filha biológica, ela o amava tanto quanto uma. Essa parte da sinopse que diz que ela é inteligente mas finge ser burra somente para o pai não se sentir mal, eu discordo. Ela não finge ser burra, ela só não tem vergonha ou medo do que as pessoas vão pensar dela agir de determinada forma quando está com Young Gyu, pois ela faz de tudo para acalmá-lo e fazer com que se sinta melhor.

Eu também adorei o modo como ele procurou pelo Jun Ha (Ma Ru) e mesmo depois de todos anos que se passaram ele continuou amando-o incondicionalmente. Foi uma coisa muito bonita de se ver, pois mostra o verdadeiro amor de um pai pelo filho.


Ah, e eu também amei o modo como ele e o Dong Joo ficaram amigos *-* adoooorava o Young Gyu falando que ia brincar com o Dong Joo e os conselhos meio malucos mas que faziam total sentido que eles compartilhavam. As cenas em que os dois estavam presentes eram muito fofas *u*

Dong Joo: toda vez que você contar uma mentira, a sua punição será um beijo.
oooooh God, vem me punir Dong Joo! *---------*

Eu também ameeeeeeeeeeeeeei o romance entre o Dong Joo e a Woo Ri. Sabe aquele tipo de romance fofo que te faz suspirar eternamente, e ficar desejando que algo semelhante aconteça com você? poooois é! eu quase tinha um mini ataque cardíaco quando o Dong Joo dava aqueles ataques de fofura, ou quando ele sorria ~aaaah quando ele sorria~ . Me seduziu inteiramente u_u

Linguagem de sinais:
  

Acho que o que me fez gostar tanto assim do drama, foi o fato de não ser uma história impossível. Não é um conto de fadas, ou uma daquelas histórias super improváveis de acontecer. Ok, temos lá os momentos improváveis, mas também temos grandes choques de realidade. Também adorei o fato de não termos personagens perfeitos. Todos eles possuem qualidades, mas também possuem defeitos e problemas como qualquer ser humano e também não tem um vilão cem por cento mal no drama com exceção, talvez, do Jin Chul. Eles, no decorrer da história, foram capazes de enxergar seus erros e tentar repará-los o que nos faz rever nossos conceitos e reavaliar nossas ações e pensamentos.

Gostei muito do modo que a história me fez refletir, e de todas as lições que aprendi. Eu recomendo imensamente esse drama a tooooodos os públicos, de todas as idades, seja homem ou mulher, porque é uma história que irá te tocar de tal forma, que você irá se surpreender.

Tem muitas coisas mais que eu poderia falar sobre esse drama, como por exemplo o quanto o cabelo da Woo Ri me deu nos nervos, ou o modo como eu era loucamente seduzida pelo sorriso super sincero do Dong Joo, ou do modo como a senhorita Mi Sook 2 me fazia morrer de rir com as suas conclusões malucas sobre o amor. Também poderia falar mais sobre como eu aprendi com esse drama, de todas as lições que eu vou levar, de como me emocionei ou de como os personagens secundários foram incríveis e os mais bem construídos que eu já vi. Também poderia falar sobre como eu amei a presença da linguagem de sinais no drama, e de como eu fico fazendo o sinal de 'Você é um idiota' pra todo mundo ou de como eu sonho em conhecer alguém para fazer o de 'Juntos'. Também nem preciso falar que se tornou o meu drama favorito, ou que mesmo tendo escrito esse post enorme, ainda tenho a sensação de que não foi o suficiente para expressar o meu amor com esse drama, né? não preciso dizer tudo isso, porque quando você assistir, irá entender tudo o que eu disse e até mesmo o que eu não disse, pois essa é uma história totalmente completa e que vai te deixar totalmente sem palavras.

Uma mistura de comédia, romance, mistério, relações familiares, lições de vida e superação. Se você nunca assistiu um dorama, então dê uma chance. Se você já assiste há algum tempo, mas nunca ouviu falar de 'Can you hear my heart?' então esse drama é mais do que uma obrigação! estou te intimando a assisti-lo! u_u

Mais alguns zilhões de gifs:

Trailer:


Bom, é isso amores. O meu muito obrigado a você que leu até aqui e assistiu aos trailers, e o meu pedido de desculpas ao tamanho do post. É realmente muito difícil escrever sobre algo que gostamos tanto sem fazer uso de várias linhas, imagens, gifs e trailers.

Quero agradecer aos posts do Dramas Otaku! e ao Dramas Lovers, pois foi graças aos posts desses dois blogs que eu criei coragem e baixei esse drama que se tornou um dos se não o meus favoritos. Muito obrigada mesmo! Ah, e agradeço ao Dramas Lovers mais uma vez, pois foi de lá que retirei basicamente todos os gifs e algumas imagens, além de ter sido graças a explicação deles que eu consegui formular a minha em relação a sinopse e o decorrer dos acontecimentos da história.

Onde Baixar?




E depois de tuuuuudo isso, eu finalmente terminei. u_u
Beeeeijinhos :*

4 comentários:

  1. Este k-drama é uma graça!Concordo com tudo que você escreveu!Personagens maravilhosos, o casal principal é uma fofura, e o ator que fez o pai da principal é incrível na atuação. Um k-drama que vale muito a pena assistir. Beijo.

    Daniele
    http://livrosparaamar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daaaaani, tudo bom? *------*
      é lindo né? fiquei apaixonada! *u* Também fiquei impressionada com a atuação, tanto da parte dele quanto dos outros atores u_u . Concordo totalmente n__n

      BEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  2. Menina vc ta me viciando nisso e eu preciso escrever!!!!!!!!!!!! Pronto falei agora vou correr lá e checar o link ... Oh Lord!!! Fazer né ...
    Beijos
    Keila Gon

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos é um bom vício, né? u_u kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      depois não esqueça de me dizer o que achou hein? *-*

      BEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir


A opinião é livre, não pode nem deve ser violentada.
(Baltasar Gracián y Morales)