6 de fevereiro de 2013

Resenha: Um Gosto de Amor - Susan Mallery



Título Original: Sweet Spot
Autora: Susan Mallery
Série: As Irmãs Keyes (vol. #2)
Editora: Harlequin
Ano: 2011
Páginas: 318

Sinopse: Se ela tivesse uma vida mais de pecadora do que de santa, "responsabilidade" deveria ser um dos sobrenomes de Nicole Keyes. Afinal, não é todo mundo que se dispõe a sacrificar a própria vida para comandar a confeitaria da família e educar Jesse, a irmã caçula. Mas agora que Claire, sua gêmea, está alegremente casada enquanto Jesse deixa para trás o jeito de menina da casa ao lado para se tornar uma femme fatale, a superconfiante Nicole cansou de colocas as necessidades dos outros antes das suas! Até Hawk entrar na sua vida. Ao lado do ex-jogador de futebol americano Nicole sente o gosto da liberdade que sempre buscou. Hawk parece conhecer de cor o caminho para seu coração, mas ela não vai deixá-lo se aproximar demais a ponto de parti-lo. Porém, é claro que se o passado dele continuar vivo no presente, ela não terá muita escolha...

Já aviso de antemão que essa resenha pode conter alguns spoilers do livro anterior, 'Um Gosto de Vida'.

Depois de algum tempo em abstinência literária, me peguei devorando esse livro em poucos dias e não via a hora de terminá-lo logo, não por ser uma história ruim, mas por ser meio cansativo.

"- Por quanto tempo mais você vai fugir de mim?
- Não sei.
- Admitir que você tem um problema é o primeiro passo para resolvê-lo.
- Você gosta de decorar frases de para-choque de caminhão." (Página 80)

Nesse segundo volume da trilogia das Irmãs Keyes, assuntos já mencionados no livro anterior se tornam bastante repetitivos até certo ponto da leitura. A história bate bastante na tecla da traição da Jesse, e se a Nicole deve realmente perdoá-la de uma vez ou continuar dando uma de durona. Também permanece aquele clima tenso entre as duas e até certo ponto chega a ser chato, porque você quer que a Nicole tome logo uma decisão: ou a perdoa e sua vida volta a ser como antes, ou então segue adiante sem a irmã.

"Nicole podia apostar que aquele homem estava acostumado a fazer as coisas do seu jeito, especialmente com as mulheres. Um lampejo daquele sorriso matador e qualquer pessoa com um par de cromossomos X derreteria como manteiga sob o sol. Muito bem, ela não." (Pág. 13)

Uma coisa que também me incomodou bastante foi o modo que o sexo é abordado na história. Até aproximadamente a metade do livro, você fica meio cansada de ler os capítulos em que as relações sexuais estão presente, pois a autora trabalhou de um modo superficial na relação do casal, o que foi totalmente diferente da Claire e do Wyatt no primeiro volume. Enquanto no primeiro volume tinha algum sentimento além do desejo entre o casal, em Um Gosto de Amor o que predominava era somente o desejo... quase como uma relação primitiva. Isso me incomodou bastante nessa primeira metade do livro, mas felizmente, na segunda metade da história nós já notamos uma certa evolução, e é perceptível um sentimento em desenvolvimento u_u

"- Você está tentando se ver livre de mim.
- Acha mesmo?
- Mas sou a melhor parte do seu dia.
- Talvez entre uma farpa no meu pé daqui a pouco, e isso passe ser então o grande destaque do meu dia." (Página 16)

Como eu já havia dito na resenha de Um Gosto de Vida, eu estava bem ansiosa para começar a leitura do segundo volume, pois a Nicole foi a personagem que eu mais gostei. E, de fato, ela não me decepcionou!
Nesse livro, temos uma Nicole totalmente sarcástica e por vezes irônica, o tipo de personagem que não se da por vencida e muito menos da o braço a torcer. Gostei muito disso, pois mesmo ela estando apaixonada, ela não foi "influenciada" por seus sentimentos, e não mudou em nada o seu modo de pensar, o que hoje em dia é muito raro em uma mulher apaixonada, tanto na literatura, quanto na realidade.

- Claire, o bebê é do tamanho daquelas borrachinhas que ficam na ponta do lápis. No máximo do tamanho de uma uva. Você não precisa de roupas especiais porque está carregando uma uva!" (Página 18)

Hawk foi uma completa surpresa! em parte, nós já sabemos como o mocinho da história será, pois é assim em todas as histórias: bonito, forte, charmoso e com olhos claros. Mas por outro lado, também temos um pai dedicado, um homem orgulhoso e com um ego enorme, além de ser infantil muitas vezes e gostar das coisas do seu jeito típico dos homens. Ele me irritou bastante em muitos momentos, mas é impossível não gostar do cara. Além de bonito e charmoso, é engraçado e sarcástico, o que combinou totalmente com a nossa protagonista u_u.
Adorei a preocupação dele em relação a Nicole, e o modo dele expressá-la foi totalmente cômico... imagine você chegar em casa e se deparar com vários adolescentes enormes afinal, são jogadores de futebol americano fazendo ronda na sua casa para ter certeza que estava em segurança? foi impagável.

"Nicole olhou ao redor e viu que várias mães a encaravam. Quando retribuiu o olhar, elas se viraram e começaram a cochichar umas com as outras.
- Seu fã-clube não está satisfeito - ela murmurou para Hawk - Não o conheço bem o bastante para arriscar minha pele por você.
- Eu valho a pena.
- Sabe, se pudéssemos canalizar seu ego, conseguiríamos resolver a crise de energia no planeta." 
(Página 49)

De todos os personagens da história, sem dúvida alguma o que eu mais amei foi o Raoul e a que eu mais quis matar foi a Brittany.
Raoul é um garoto que nunca teve nada na vida. Cresceu num lar adotivo e nunca conheceu o amor dos pais. Ele é aquele tipo de cara que sabe valorizar as pequenas coisas, e com pequenos gestos e atitudes, ele te faz suspirar e desejar loucamente conhecer um cara tão fofo mas ao mesmo tempo tão maduro e responsável quanto ele.
Do outro lado temos Brittany, uma garota mimada e que sempre conseguiu tudo que queria sem precisar batalhar por nada. É a típica garotinha do papai que consegue tudo fazendo pirraça. É, falando assim ela até parece uma criança... o problema é que ela está prestes a completar 18 anos mas é como se acabasse de fazer 5. Detestei ela em basicamente todo o livro, exceto nas últimas dez páginas u_u
Dou os meus parabéns para a autora, por conseguir criar personagens tão distintos um do outro, mas que de certo modo se completam e são tão reais... como se fosse sua vizinha, ou colega de classe.

"- O amor não vem com planos B, ou com garantias. É preciso ter fé." (Página 236)

Em parte, eu achei a história desse livro mais trabalhada e envolvente do que a do primeiro volume. Nessa história, temos mais personagens e até mesmo uma abordagem maior de outros assuntos, que em um determinado ponto da história se cruzam.
O modo que a autora trabalhou assuntos cotidianos foi muito gostoso de ler, pois ela conseguiu adicionar a história um problema sério na vida de muitas adolescentes mas também conseguiu mostrar esse assunto na vida de uma mulher adulta, e como é a diferença e importância dele em cada um dos casos.

"(...) Mas a vida era como o futebol... o relógio não voltava atrás. Ele não poderia refazer o que já fizera; só o que lhe restava era lidar com as consequências." (Página 216)

Se retirarmos a parte do 'sexo superficial', eu posso dizer que gostei muito da leitura, principalmente do modo como a história se concluiu. Foi realmente romântico, e não me decepcionou nenhum pouquinho. 
Um romance diferente dos que estamos habituados, com muitos dramas familiares, situações que te fazem rir e ao mesmo tempo sentir muita raiva. Uma história que poderia acontecer com qualquer um, mas que nem por isso perde o seu encanto.

20 comentários:

  1. Adorei sua resenha e fiquei com muita vontade de ler esse livro. Pelas frases do livro que você colocou eu com certeza vou gostar, que eu adoro esses diálogos sarcásticos e divertidos. Vai pra lista!(Que está enorme!)Kkk!!! Bj.

    http://livrosparaamar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah, que bom que você gostou benzitcho! *u*
      E quem não adora né? são eles que fazem a leitura valer a pena! \o

      BEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  2. Rafinha, confesso que não é o tipo de livro que eu leria normalmente, mas gostei de algumas características que você ressaltou. Também fiquei impressionada com a quantidade de personagens diferentes: UAU.
    Apesar de a gente poder se confundir, às vezes, também possibilita que tenhamos favoritismo por algum em especial.
    Ótimos trechos! Super divertidos :P
    Curti muito a resenha!
    Beijo ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom que você gostou! *-*
      sahduihasiudhaiusd, pois é. Não é tão impressionante se comparado com outros gêneros, mas me surpreendeu bastante pela autora ter conseguido variar sendo que o estilo do livro não permite muito isso (romance como foco e coisa e tal). Acho que deu pra entender né? kkkkkkkkkk
      Awwwn, fico mega feliz que você tenha gostado Anitcha! *u*

      BEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  3. Oi, tudo bem?
    Estou aqui visitando seu blog pela primeira vez e já segui, ele é lindo, maravilhoso!
    Fique a vontade em visitar o meu ><
    Um beijo.,
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Katrine, tudo ótimo e você? ((((:
      aaaawn, muitíssimo obrigada! *-*
      pode deixar que eu darei uma olhadinha, viu? n___n

      BEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  4. Nunca tinha ouvido falar nessa trilogia, mas parece ser interessante. Dessas pra relaxar... :D

    Não sei se o seu layout é novo, ou se faz tempo que não venho aqui, mas a verdade é que achei MUITO lindo!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ela não é muito conhecida \:
      sim sim, é bem isso mesmo! uma ótima leitura para aquele domingão ou para um feriado! ((:
      Awwwwn, que bom que você gostou! *.* pois é, eu mudei ele recentemente, mas já faz um tempinho... acho que é você que está muito sumida benzitcho u_u ausdhiuashiduhasiudasd.

      BEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  5. Primeira vez que acesso o seu blog e gostei bastante, o design e o layout são lindos! Amei a sua resenha, as frases destacadas são o ponto forte e o que aumentou meu interesse em ler este livro! Parabéns pelo blog, estou seguindo!

    Abraços,
    E não perca a 4ª parte do especial Mitologia Grega
    http://therevolucaonerd.blogspot.com.br/2013/02/4-mitologia-grega-batalha-dos-titas.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwwwwn, muitíssimo obrigada! fico mega feliz em saber que você gostou! *-* . Foi essa a intenção! \o asudhuaishdiuahisdhiausidsd.
      Muuuito obrigada benzitcho! n__n


      BEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  6. Tenho vontade ler livros dessa autora, pois bastante de dramas familiares que tiram um pouco o foco do romance em si. Gostei muito da resenha e estou babando no seu layout! Muito lindo! Parabéns.

    Abraços,

    Alisson
    contandolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim, o bom dos dramas familiares é isso. Se bem que, nesse livro a coisa foi bem balanceada, sabe? acho que teve drama e romance em proporções iguais u_u aushduiashdiuahidu.
      Awwwwwwwwn, muuuuuuitíssimo obrigada! *---------*


      BEEEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  7. Adoreeei a capa!
    Mas fui ler a resenha e vi que tem spoilers, então desisti! Vou querer ler o primeiro! :)

    Beijos,
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? eu também achei super linda! *-*
      Leia sim! se você gosta de romances, tenho certeza que você não irá se decepcionar! n__n

      BEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  8. Olá!
    O livro não me chamou muito a atenção, mas sua resenha ficou uma das melhores que já li, parabéns! E a capa do livro é muito linda também. Espero que tenha mais sorte ainda no próximo livro (são três?). Beijos ;*

    Joyce,
    http://rosa-amarelo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joyce, tudo bom? ((((:
      aaaaaawn, sério? que amor! <3 muitíssimo obrigada benzitcho, fico feliz que você tenha gostado! *.*
      Eu também espero \o . Sim sim, é uma trilogia n__n

      BEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  9. Flor, nao leio romances de banca (este é um desses neh?)
    mas tenho uma tia q AMA e vou indicar este livro a ela!
    parabens pela resenha :D
    Beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por mais que a história seja parecida com o estilo dos romances de banca, o livro é em formato de livraria mesmo.
      Indique sim benzitcho, tenho certeza que ela irá adorar a leitura! n__n
      Muuuito obrigada! *---------*

      BEEEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  10. Olá, te indiquei para uma tag lá no meu blog. Vai lá para conferir. Beijos

    nanafalandoserio.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada benzitcho, mas eu já respondi essa tag/meme aqui no blog \: . Mesmo assim, agradeço muito por ter lembrado do blog! *-*

      BEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir


A opinião é livre, não pode nem deve ser violentada.
(Baltasar Gracián y Morales)