10 de novembro de 2012

Resenha: O Anel de Noivado - Deborah Simmons



Autora: Deborah Simmons
Editora: Harlequin
Série: O Clã dos De Burgh (vol. #2)
Páginas: 252

Sinopse: Para todos, Elene Fitzhugh era uma megera. Ela matara o seu primeiro marido a sangue-frio e agora o Rei havia decretado que um De Burgh a desposasse. Mas Elene faria qualquer coisa para fica livre dos votos matrimoniais, mesmo que tivesse de enfrentar um poderoso guerreiro. Para Geoffrey, á primeira vista sua futura esposa era uma criatura selvagem, irracional e perigosa. Mas ele honraria a ordem do Rei. Seria o jeito calmo e afetuoso de Geoffrey de Burgh um trunfo para conquistar Elene e transformar o casamento arranjado em um amor traçado pelo destino?


Esse foi o primeiro romance de banca que eu li na vida. Não foi o primeiro que comprei, mas dentre os poucos que eu tenho, a história desse livro em especial chamou a minha atenção. Quando eu comprei, eu não sabia que tinha um livro anterior a esse, que conta a história de um dos irmãos do Geoffrey que mais está presente na história, então, se você não curtir spoilers, mesmo sendo poucos, eu aconselho que você leia primeiro 'O Lobo Domado'.

Pra quem não sabe, um romance de banca nada mais é que um romance histórico, publicado em formato de banca ao invés do de livraria. O que difere um do outro? o tamanho do livro. Os de banca são mais parecidos com aquelas versões pocket de certos livros, enquanto os de livraria são os que estamos acostumados. Mãaas, voltando para a resenha...

Por ser o meu primeiro romance de banca, eu gostei muuuuuuito dessa leitura! A escrita da autora é super envolvente, do tipo que te prende e você nem nota que já leu um capítulo inteiro. Achei interessante que, assim como os tradicionais romances históricos, a narrativa é intercalada entre os dois personagens principais, então não fica cansativo de se ler, e você consegue entender 'os dois lados da moeda'. 

Geoffrey é simplesmente o sonho de consumo de qualquer mulher, independente do século em que ela vive. Além de educado e calmo, ele é o irmão (se não me engano são 7 no total) mais culto e racional de todos os De Burgh. Mesmo quando todos eram contra o seu casamento com Elene inclusive ele próprio, ele foi até o fim para poder manter o orgulho e 'prestígio' que o seu sobrenome carregava, mesmo que isso significasse que ele nunca conheceria o amor, e ainda de brinde, poderia ser morto pela própria esposa na sua 'noite de núpcias'. 
Elene é um caso de amor e ódio. No começo do livro é impossível não sentir antipatia pela personagem, além de uma vontade louca de apresentar um pente e uma tesoura para o cabelo dela u_u. Mas, conforme a história vai se desenrolando e os pingos nos 'is' são colocados, você começa a entender o porque da personagem ser como ela é e agir do jeito que age. Foi a personagem que mais me envolveu das minhas leituras recentes, e isso fez com que eu me colocasse no lugar dela, me imaginasse vivendo a vida que ela vive, cercada por um povo que sofreu nas mãos de seu pai e, por medo do seu jeito agressivo, que não se atrevem a tentar entendê-la. Gostei muito disso, pois havia muito tempo que não me deparava com uma personagem assim.
Marion e Dunstan também são ótimos, porém não vou falar muito deles, já que seria spoiler do livro anterior (que por sinal, estou looouca para ter em mãos!)

A trama do livro não é nada de novo, na verdade é bem clichê até um certo ponto, mas, quem não gosta de um bom clichê não é? (((: . Pra mim, um ponto positivo para os romances de banca, é a agilidade que a história se desenrola. Não tem toda aquela lenga-lenga que deixa a gente agonizando e as vezes, até nos faz dar uma esquecida do livro por falta de paciência. Não. É uma leitura bem rápida, mas que mesmo assim não deixa de ser bem escrita, e mega envolvente. Sem falar que o tamanho e o peso do livro ajudam muito a  carregar o livro na bolsa e levar com a gente para onde quer que for. 

Super recomendado se você é fã de romances clichês com uma pitada de momentos calientes! (;

26 comentários:

  1. Ola;
    Venho convidar você a participar da
    comunidade " Keep Calm and Blog"
    um espaço aonde você pode divulgar seu blog, comentar em algum blog assim também como podem comentar o seu.
    Um espaço aonde blogueiros podem se interagir e uma grande forma de fazer com que conheçam seu blogue
    aqui está o link: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=123417058
    Boa sorte com seu blog bejos ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo convite!
      assim que eu entrar no Orkut eu participarei da comunidade, ok? n__n

      BEEEEEEEEEEEEEEEEIJINHOOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  2. Esses romances me estressam, mimimimi daqui mimimi pra lá u.ú uahauhauhauahau É difil eu gostar de um romance :// (coração de pedra u-u)

    AAAAAAH comprei despertar no submarino por 5,98 sim é isso memso 5,98 n vejo a hora de ler e dar a minha opnião *U*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, entendo o que quer dizer u_u , mas todo mundo tem o seu lado romântico, acho que você só não encontrou o tipo de romance que vai despertar o seu interesse e dar uma amolecida no seu coração de pedra u_u asuhdiuahdiuashiduhaiushdiasd.

      Poooooooooooooooois é! você viu que monte de promoção doida que está tendo no Submarino?! fiquei pasma! comprei 9 livros *u* asiudhausidhiuashdiuhaisud.
      Sim sim, e assim que você terminar de ler não esqueça de vir aqui e me dizer o que achou hein? u_u


      BEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  3. Nunca li nenhum romance de banca, mas esse realment e parece bom. Não é todo romance que me agrada, tem que ser algo envolvente. Clichê é só um detalhe, como você disse, quem não gosta de um bom clichê? Desde que a história seja envolvente, detalhada e emocionante, é válido ;)
    O que parece ser exatamente o caso desse livro! Não sei se você superestimou o livro ou se ele é tudo isso, mas a sua resenha é de despertar interesse em qualquer um hahaha

    parabéns com o blog!
    xoxo

    thesongoftheletters.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim, ele é ótimo! concordo totalmente com você! u_u
      ashiudhaiushdiuahsiudhaiuhidasd, fico feliz que tenha chamado a sua atenção. Não sei se o superestimei, mas como cada um tem um gosto e uma opinião, pode ser que você não goste da história tanto quanto eu, mas ainda assim, é uma leitura que não se deve passar em branco! acho que foi um ótimo romance de banca para começar, e recomendo MUITO pra você, já que assim como eu, nunca havia lido um romance de banca. Fica a minha dica ((;
      Muuuuuuuuuuuito obrigada! <3

      BEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :*

      Excluir
  4. Ok! Eu deixo!! Pode tacar fogo em mim, pode me esfaquear, me estrangular. Mas eu assumo: Nunca li um romance de banca. Apesar de ser louco para ler *-*
    Adorei sua resenha, só não curti a capa do livro! Beijos
    http://coracoesdeneve.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ashdahsudihasiudhaiushdiuahsiudhsiudasd, por que eu faria todas essas maldades? (sou uma pessoa tão boazinhha *u* kkkkkkkkkkkkk) até um tempo atrás, eu também pertencia ao time dos 'Não-leitores de romances de banca' então eu entendo a sua dor u_u ashdiuashdiuashiudas. Recomendo muito a leitura, ainda mais se você tem curiosidade a respeito desse 'tipo' de livro.
      Fico muuuuito feliz que você tenha gostado! n__n realmente, as capas de romances de banca não são lá as melhores... mas o que vale é o conteúdo! \o aushdiuahsdiuasd.

      BEEEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  5. Eu não sou daquelas loucas por romances de banca, mas de vez em quando até que caem bem, ainda mais se tiverem um bom clichê, afinal, como você disse, quem não gosta? ;D
    Ótima indicação!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é? ahudhaiushdiahsdiahiusd. Super indicado para esses momentos de 'de vez em quando' u_u uashiudhasiuhdiuasd.
      Fico feliz que tenha gostado! n___n


      BEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  6. RSRSR Também nunca li romance de banca, recentemente ganhei um e quando puder vou ler.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim! e não se esqueça de vir aqui me contar o que achou, hein? u_u ashdiauhsidhsiudasd.

      BEEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  7. Poxa,nunca li nenhum romance de banca também :/ Ainda quero lê-los.. já ouvi falar tão bem..o número de página deles é menor? :/ Deixa ver se entendi.. cada romance de banca ele é continuação de outro,tipo uma série?
    Beijo
    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Louise! *-*
      então, em comparação com um livro normal, o número de páginas é mais reduzido sim, mas não é uma diferença enorme. Depende muito do seu conceito de muitas ou poucas páginas u_u uashdiuahsiudhashdiuasd.
      A maioria que eu já vi no Sebo é sim. Mas também tem romances de banca que não são em 'formato de série'. Mas isso não interfere em nada, porque como eu já disse, cada livro conta a história de um irmão, ou seja, as histórias não estão muito relacionadas umas com as outras, só que chega em um ponto do livro que essas histórias se esbarram, sabe? hsdiuhasiuhdsiaud. Enfim, espero que tenha conseguido explicar >.<

      BEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  8. Diferentemente de muitas pessoas eu curto romances de banca e leio sem preconceitos.Muitos dos autores consagrados de hoje em dia começaram assim.
    Gostei de acompanhar sua resenha,ficou bem elaborada.
    Abraço!

    Bruno
    http://oexploradorcultural.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruno! ((((:
      que bom que você não tem preconceito com romances, ainda mais os de banca que são tão esquecidos pelos leitores de hoje em dia \: são poucos os homens que gostam desse tipo de livro, então eu fico feliz que você faça parte desse grupo em crescimento u_u \o asuhduihasiudhaisd.
      Concordo totalmente! u_u

      Muuuuuuito obrigada! *------------*

      BEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  9. Eu não sou fã de romance, acho tão chatinho. De qualquer forma, curti sua resenha.
    http://www.senhoritaliberdade.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkk, tem gosto pra tudo né dona Stella? u_u ahishdiuashdiuhausidhid.
      Fico feliz que tenha gostado n__n


      BEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  10. Eu nunca tinha lido romance de banca, então mês passado eu me arrisquei, comprei um que era muito besteirento e desisti, então fiquei com o pé atrás se continuaria a conhecer esse estilo literário!

    Beijinhos da Táta

    http://umdiaacadalivro.blogspot.com.br
    @umdiaacadalivro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, mas isso é porque os romances de banca nada mais são que romances históricos né? então eu creio que a maioria deles tenha um lado mais voltado pra esse tipo de coisa. Infelizmente, não é todo mundo que consegue curtir esse tipo de leitura \\:
      Mas, acho que sempre vale a pena dar uma segunda chance a leitura. Quem sabe vai do seu estado de espírito né? sahduiahsdihaisd.


      BEEEEEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  11. flor, nao curto esses romances de banca, mas tenho uma tia q ama, com ctz ela vai adorar ler sua resenha hahaha
    beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então bora mostrar pra ela né? ashudhaudhuiashdiuhasdhiua.


      BEEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  12. Olá!
    Eu não gosto muito de romances de banca.. não consigo nem gostar de Nicholas Sparks, imagine então de romances de banca! Simplesmente não consigo aguentar um romance desse tipo... pra mim o romance tem que ser uma trama secundária.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    Andressa
    umdiaacadalivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahsiudhauidhaiuhduiahsiudhiuasd, é, aí fica difícil benzitcho! u_u
      Mas acho que isso depende muito da fase da pessoa, sabe? as vezes você está mais em uma fase diferente dos romances. Eu por exemplo, nunca me imaginei lendo nada além da ficção, e cá estou eu falando que curti os romances de banca *o* ashdiuahsiudhasiudhiushaid.
      Muuuuuuuuuuuuuuuito obrigada! <3


      BEEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :*

      Excluir
  13. O único romance de banca que li foi um no estilo Cinquenta Tons só que mais pesado, veja só.

    Por esse eu me interessei bastante por cauda do plano de fundo feudal, reis, etc.

    Quanto ao clichê, faz parte às vezes, né? Dependendo da forma com que o autor desenrola a história eles até podem passar despercebidos.

    Abraços.
    http://oepitafio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aloooooook, então deve realmente ter sido pesado D:
      Pois é, o que me fez comprar esse romance de banca foi justamente isso: o lugar e a época onde a história se passa (((:

      Concordo totalmente. Mas, particularmente, os clichês não são algo que me incomode ou que conte como um ponto negativo para a leitura, então não foi um empecilho ou coisa assim. Vai do gosto né?


      BEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :*

      Excluir


A opinião é livre, não pode nem deve ser violentada.
(Baltasar Gracián y Morales)