18 de setembro de 2013

Resenha: Agora e Sempre - Judith McNaught



Título Original: Once and Always
Autora: Judith McNaught
Editora: BestBolso
Ano: 2012
Páginas: 415

Sinopse: Em 1815, a americana Victoria Seaton perde os pais em um trágico acidente de carruagem. Seu amigo Andrew, com quem a jovem pretende se casar, está fora do país. Ela e a irmã Dorothy ficam completamente desamparadas, até descobrirem que a mãe pertencera à aristocracia inglesa. As irmãs são forçadas a partir para a Inglaterra e se hospedam na casa de parentes desconhecidos. Victoria surpreende-se ao conhecer seu primo distante, o lorde Jason Fielding. Disputado pelas mais belas mulheres da alta sociedade, solteiras ou casadas, Jason é um mistério para a jovem. Confusa pela arrogância do rapaz, mas atraída por seu forte poder de sedução, ela percebe que Jason é assombrado por um passado doloroso. 

"Agora e Sempre" foi a única leitura que eu realizei no mês de agosto, e desde que a conclui eu estou tentando arranjar um tempinho pra vim resenhá-lo a vocês. Sim, eu não consegui ler nenhum outro livro no mês que se passou, mas devo dizer que como única leitura, esse livro foi um ótimo representante, e vale para o mês todo.

Admito que não tinha basicamente nenhuma expectativa quanto ao livro, mas fui surpreendida logo nas primeiras páginas. A escrita da autora é totalmente envolvente, e é impossível não se ver conquistada pelos personagens.

Fazia algum tempo que não lia romance histórico, e fiquei mega feliz em ter me surpreendido tanto com esse. É aquela típica história em que temos o clichê da relação cão e gato entre o casal principal, mas que foi trabalhado de uma forma tão gostosa e "histórica" que é difícil não se ver envolvida e torcendo para que o casal pare logo com frescura e fique logo junto u_u aushduhsaiuduaihdsi.

De um lado temos Victoria, uma moça simples porém dotada de beleza tamanha, com seus cabelos ruivos e olhos azuis. Ela é o tipo de mulher de fibra, "evoluída" demais e que não se encontrava na sociedade da época retratada, ainda mais pertencendo a aristocracia. Inteligente e estudada, sabe conversar sobre tudo um pouco e está sempre disposta a aprender. Uma coisa que eu gostei bastante na Tory me sinto íntima, ok? u_u kkk é que ela não é aquele tipo de mocinha cheia de frescuras, sabe? Ela não consegue ficar parada ou simplesmente fechar os olhos para o sofrimento alheio, como é esperado de uma lady da aristocracia inglesa. Muito pelo contrário, está sempre disposta a ajudar no que for e trata todos igualmente, incluindo a "criadagem".
Do outro lado temos Jason, um lorde que vive um presente assombrado pelo passado. Também é um homem extremamente belo e sedutor, mas que consegue provocar medo e assombro em qualquer um que cruzar o seu caminho. Devido a esse misterioso passado, Jason acabou se fechando para o mundo e vestindo uma máscara de cara mau e assustador, quando na verdade é só um homem-menino solitário, buscando a felicidade e tentando se agarrar ao menor fio de esperança. Querendo amar e ser amado pelo que é, e não pelo que tem.

Esses dois sem dúvida alguma entraram para o meu top top top casais! Sério gente, é impossível não se apaixonar por eles! Eu acho que a grande parte principalmente das apaixonadas por romance adooooram um relacionamento cão e gato, não é? Pois então, nesse livro temos uma ótima relação desse tipo!
Mas o que eu mais gostei nesses dois foi o modo que evoluíram. É muito visível o amadurecimento dos personagens, e principalmente a evolução que o Jason passa. É impossível não sentir pena dele e do modo que a dor, perda e sofrimento o modificaram ao longo da vida. Eu admito que teve hora que eu quis matá-lo principalmente quando ele chegava as suas próprias "conclusões" após certas atitudes de Victoria, já que ele não acertava uma T.T por tanta insegurança e insensibilidade, mas eu acho que todo esse lado desconfiado e "casca dura" que ele tinha foi devido a todas as coisas que ele passou. A autora soube trabalhar muito bem nessa parte e nessa evolução do personagem, e o que conclui com chave de ouro essa mudança do Jason foi sem dúvida uma cena que é impossível não emocionar os leitores u_u mas que não posso falar pra não dar spoiler e perder a emoção u.u
Quanto a Victoria, eu posso afirmar com total certeza que eu nunca conheci uma personagem tão inocente e ingênua quanto ela. Sério gente! Ela é tipo aquela pessoa com alma, corpo e total aparência de mulher, mas que por dentro não passa de uma criança que pensa que o mundo é cheio de unicórnios e sorvete de graça. Também gostei de ver o desenvolvimento e crescimento da personagem, e mesmo não tendo sido algo tão "uau" quanto o do Jason, foi também uma evolução muito gostosa de se acompanhar.
Quando Jason consegue superar seus medos e fantasmas do passado é um momento muito lindo, porque ele finalmente começa a confiar e amar deliberadamente e sem "censura" a Tory.

"(...) Então, beijou-a, antes de voltar a fitá-la. - E pensar que eu nunca acreditei em anjos - murmurou com um suspiro. - Como fui idiota..." 
(Página 384)

Temos também diversos outros personagens, mas eu acabaria me prolongando ainda mais caso fosse falar detalhadamente de cada um. Então eu vou fazer um apanhado geral u_u
Simplesmente adooorei os criados da mansão do Jason! Nunca vi pessoas tão fofas e preocupadas com o bem estar de seus patrões levando em conta a época que a história retrata além de ter me divertido muito com eles. Adorava a torcida que todos ficavam para o Jason e a Victoria finalmente se entenderem e ficarem realmente juntos, além de todos os esquemas que eles tentavam para propiciar esse entendimento, asudhsiuahdiuasd.
Também gostei muito do Mike Farrell, do Robert e da Caroline Collingwood. O Mike me surpreendeu muito, já que eu pensava que ele seria somente mais um personagem. Ele foi tipo o amigo/pai/conselheiro que o casal principal precisava. Já o Robert e a Caroline, além de serem o casal secundário mais lindo que eu tive o prazer de conhecer recentemente, eles eram ótimos amigos e conselheiros para Jason e Victoria. Adorei o modo como a amizade das duas se desenvolveu, e como o Robert era um dos únicos que não temia o Jason, além de ser de sua inteira confiança e amizade, não por interesse mas pelo que eram por si mesmos.
Duas personagens que me surpreenderam sem dúvida alguma foram Dorothy e a Duquesa de Claremont. Dorothy é a irmã mais nova de Victoria, e eu podia jurar que ela seria uma pedra no sapato tanto do leitor quanto da nossa protagonista. Que engano! Adooorei o modo protetor que ela tinha com Tory, além de ser suuuper fofa e não desistir de seus objetivos. Já a Duquesa, ou melhor, a vovó na verdade, estamos falando da bisavó dessas duas, mãaas, elas chamam a Duquesa de vovó, entãao... conseguiu me surpreender e me ganhar totalmente no fim das contas. A autora consegue te enganar direitinho e te fazer ter uma ideia totalmente diferente o livro inteiro. Ideia essa que só é alterada no fim da história. É aquele tipo de senhora imortal rabugenta e engraçada que se torna indispensável na história.
Por último mas não menos importante, é claro que não poderia deixar de mencionar o tio Charles né? Gente do céu, o que era esse homem? Mesmo cometendo alguns deslizes, eu adorei a determinação dele em juntar Jason e Victoria além de todos seus esquemas para propiciar essa união. Me diverti muito com esse homem, mas também é impossível não sentir uma pontinha de pena dele e da sua história do passado \: . Mas eu realmente acho que a Duquesa de Claremont e o tio Charles dariam uma ótima dupla! Teriam os melhores planos mirabolantes, e ainda garantiriam ótimas risadas dos desentendimentos da meia idade/quase pé na cova dos dois.

Quanto a parte histórica do livro, eu acho que a autora está de parabéns. Ela conseguiu se adequar aos mínimos detalhes do contexto que o livro retrata, e até eu que não sou a pessoa mais entendida de história consegui notar isso, como por exemplo, o fato da mãe de Victoria querer que as filhas aprendessem francês como segunda língua, o que é uma característica comum da aristocracia inglesa da época ahá! de alguma coisa valeu prestar atenção nas aulas de história desse ano \o kkkkk .

A única coisa que me incomodou foi parte do final. Eu não posso dar muitos detalhes se não vai virar spoiler, mas digamos que as atitudes de um determinado personagem em relação ao que ele "descobre" faltando poucas páginas para o fim, bom, digamos que eu esperava uma coisa mais dramática da parte dele, com alguma briga ou intriga no mínimo, e não aquela coisa de "Ok, vamos deixar por isso mesmo. Tchau". Sim, eu sei que dizendo assim fica meio confuso, mas quem leu ou vai ler a história entenderá do que eu estou falando u_u

Achei a escrita da autora super fluida e bem construída. Você nem se dá conta quando vai para a próxima página, e muito menos quando olha e nota que já está na página cem. Também adorei o modo como a autora amarrou a história de cada personagem além das personalidades de cada um, que são tão diferentes mas que a gente consegue encontrar uma coisinha aqui ou ali em comum. Realmente a Judith conseguiu me ganhar e entrar para o meu top autoras preferidas *-*

Quanto a revisão... bom gente, é aquela coisa né? Publicado pela BestBolso, não tem a melhor revisão do mundo, então eu encontrei diversos errinhos durante a leitura. Pelo que eu vi, o livro possui a versão em tamanho de livraria, mas eu acho que não está mais a venda \: . Então, o que eu tenho é a versão pocket da BestBolso, com aquela capa molinha e sem orelhas. Folhas brancas e finas, mas não interferiu na leitura. Até mesmo me surpreendi, porque olhando pela lombada do livro você pensa que é uma história super curtinha, mas na verdade as páginas rendem uma boa leitura.

Livro mais do que indicado! Não sei se pela resenha vocês conseguiram notar a semelhança, mas agora que eu parei para analisar, a história de "Agora e Sempre" me lembra, em determinados pontos e algumas características,  um pouco de "A Bela e a Fera". Vocês não acham? *-*

Recomendo a todos que curtem um bom romance histórico, com uma relação de amor e ódio que tira boas risadas, além de uma trama muito bem desenvolvida (;

16 comentários:

  1. AMIGA AMEI SUA RESENHA, casais cães e gato? ADORO.
    E outra ouço falar dessa Judith desde que tinha uns 16 anos e umas amigas minhas no skoob liam os livros dela, quero ler mas tenho uns 50 livros aqui em casa KKKKKKKKKKKKKKK OMG, mas está na lista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu! *----*
      awwwwn, que bom que você gostou! *u*
      e tem como não adorar? acho que é o tipo de relação mais linda de se acompanhar u_u

      Pessoalmente eu não conheço ninguém que já tenha lido algo da autora ou coisa do tipo, mas pelo que pude ver na blogosfera ela realmente é uma autora muito comentada u_u. E com razão né? Ela escreve maravilhosamente, e mal posso esperar pra ler os outros dois livros dela que tenho na estante *u*

      Nem me fale em leituras acumuladas! Tenho tantas que nem sei por qual começar T^T. Mas a gente consegue! AJA! \o


      BEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  2. Olá!
    Tinha visto esse livro na Saraiva mas não tinha parado para dar uma lida, sua resenha me agradou e me deixou com vontade de ler, tem um tempo que não leio um romance histórico e isso está me incomodando rs'
    Adoro quando tem aquele "casal" cão e gato, isso deixa a história muito gostosa, espero ler em breve! Parabéns pela resenha flor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tahis! Tudo bom? (((:
      fico feliz em saber que gostou da minha resenha ^-^ . Realmente, acho que a maioria dos leitores nem dá muita atenção pra esse livro, o que é uma pena pois foi um dos melhores romances históricos que já li *u*
      Também já fazia um tempinho que não lia romances históricos... impossível ficar sem um né? Já tava tendo um troço ]: kkkkkkkkkkkkk

      Torna o romance muito mais interessante, você não acha? ^-^ adoro esse tipo de relação, ainda mais quando está presente nos romances históricos, pois fica um "contraste" muito gostoso de acompanhar *-*

      Muito obrigada benzitcho! *-----*
      Espero que possa gostar tanto quanto eu ^-^


      BEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  3. O blog Anime Shoujo, está realizando um projeto chamado " Corrente Eu Amo Shoujos 2014 ", que tem como objetivo divulgar blogs e mostrar aos seguidores variedades de animes.

    Contudo, Ficaria muito honrada se seu blog participasse do nosso projeto, basta clicar no link e responder o formulário.
    http://animeshoujoo.blogspot.com.br/2013/10/aviso-novidade-oportunidade-corrente-eu.html

    Desde já agradeço!
    Bjinhos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mika-chan! Tudo bom? (((:
      eu é que fico honrada pelo seu convite benzitcho! *-* , vou dar uma olhada nesse projeto e caso me interesse eu responderei o formulário ^-^

      Muito obrigada pelo convite! n___n

      BEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  4. Nunca tinha ouvido falar nessa autora Rafa, em que mundo eu vivo? '-'
    Eu ODEIO essas edições da BestBolso. Fazem uns livros super chinfrim, feios e nem revisam direito. O único deles que tenho em casa é O Grande Gatsby, mas por ser clássico recebeu uma revisão melhor. Mas a capa é muito mole, tem que tomar muito cuidado pra não formar orelha ou amassar. Puff :c

    Então, não sei se esse é meu tipo de livros, maaas pelo fato de ser um casal meio cão-e-gato talvez ele me interesse haha. Mas odeio quando vira uma relação TÃO cão-e-gato que o casal só fica juntos nas últimas 30 páginas. Mas enfim, vou adicionar à minha lista no skoob =D

    Boas leituras õ/////
    Beijooos!
    www.nathlambert.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nath! *-------*
      pois é menina! Em que mundo você vive? u_u asdhashduhasudhiasd. Brincadeirinha. Eu também não escuto/leio muito sobre ela, e me surpreendi em saber que ela é uma das autoras mais top, no quesito romance, que tem u_u E realmente, merece MUITO esse título, porque escreve magicamente bem *u*
      Né? Eu também não curto não \: . Mas é como eu disse, infelizmente eu não achei a versão de livraria desse livro, então tive que me contentar com a da BestBolso né? Antes ela do que nada
      Eu até desisti disso. Por mais que eu tome cuidado, sempre rola um amassadinho na capa T^T . Mas tento ser cuidadosa ao máximo, pros danos serem "minimizados" ashdiuahsiudhasiudhiuasd.

      Então benzitcho, não chega a ser um relacionamento cão e gato a esse ponto. Se for parar para analisar, eles ficam juntos quase que a história inteira, mas é só mais pro final que esse relacionamento fica realmente "sólido", sabe? Sem mentiras, censura ou frescuras u_u.
      Mesmo não sendo o tipo de leitura que você está habituada, eu super te indico! Acho que seria um ótimo livro pra, quem sabe, você começar a se interessar por romances históricos *-*

      Muito obrigada! Pra você também! ^-^

      BEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  5. Não li nada desta autora, mas pelo estilo da história tenho certeza que vou gostar. Eu também tenho esta edição, não conheço em outro formato aqui no Brasil. Adoro romances históricos e este ´sempre bem elogiado.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida, tudo bom? *-*
      acho que pra quem curte romances históricos, Judith McNaught é mais do que obrigatório na lista de leitura! u_u Ela escreve MUITO bem, e eu super te indico! ((:
      É né? Eu também não achei em outro formato, e já procurei em tudo que é canto ]: Mas ao menos tem esse formato né? O que vale é a história u_u \o asudhaiuhdiuhaiudasd.

      BEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  6. Oi, quando vi o tamanho da sua resenha, eu pensei: será q não tem Spoiler? Ufaaaaaa, acho que não peguei nenhum. Este livro é a minha leitura atual e estou amando e suspirando. Nunca tinha lido nada da autora, mas com certeza, vou caçar suas outras obras por aí.
    Adorei seu blog!!!
    http://www.meuamorpeloslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivi! (((:
      eu tento ao máximo me segurar e soltar somente o necessário da história. Não tem nada mais chato do que estar lendo uma resenha e do nada se deparar com um super spoiler né? Tira totalmente a empolgação!
      Aaaah, que legal! A história é ÓTIMA né? Eu simplesmente me apaixonei! *u* . Então estamos no mesmo barco benzitcho o/\o asudhaiushdiuhaiuads. Tenho mais dois livros da autora na estante, e não vejo a hora de conseguir lê-los. Virou uma das minhas autoras preferidas <3

      Awwwn, fico feliz que tenha gostado! n__n

      BEEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  7. Ele é tão bom que li em um dia, não conseguir dormir e passei a noite toda lendo, quando amanheceu eu tinha terminado :( queria mais páginas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Franciele, tudo bom? (((:
      Te enteeeeendo benzitcho! Comigo só não aconteceu isso porque eu estava em período de aulas e não dava pra virar a noite lendo ]: mas é uma leitura que prende totalmente o leitor, e deixa aquela sensação de vazio quando terminamos, né?
      Eu também queria ]': . Já que, infelizmente, não tem, o jeito é investir em outros livros da autora né? E torcer pra serem tão bons quanto *-*

      BEEEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir
  8. Olá, eu li uma adaptação do livro e me apaixonei, logo procurei o original e estou amando esse casal. Victoria e Jason tem muita química, mesmo que no começo ambos dissessem 'não'. Gostei muito da resenha e pretendo procurar outras obras da autora. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clicia, tudo bom? ^-^
      Os dois são ótimos juntos, né? Entraram para o meu top casais favoritos! *u*
      Awwwn, fico feliz que tenha gostado! *-----*
      Procure sim! Um livro que eu te indico da autora é "Até você Chegar". Não, eu ainda não li - não consigo achar de jeito nenhum nas livrarias e nem em sites de compra D: -, mas pela sinopse e várias resenhas, realmente parece ser um romance imperdível e tão bom quanto "Agora e Sempre" *u*

      BEEEEEEEEEEIJINHOS E VOLTE SEMPRE! :* <3

      Excluir


A opinião é livre, não pode nem deve ser violentada.
(Baltasar Gracián y Morales)